A EGNEX lhes traz uma grande novidade. Agora, os sistemas fotovoltaicos ofertados pela EGNEX podem ser financiados pelo Santander Financiamentos.


O financiamento pode ser feito em até 36 vezes com parcelas iguais. Os juros são reduzidos, com valores bem abaixo do mercado, e não há necessidade de ser correntista do Santander. O sistema é desburocratizado e a análise de crédito sai em questão de horas.

Solicite seu orçamento gratuito e retornaremos com nossa proposta, já com a tabela de financiamento inclus

 

Custo da Energia Solar

Com a entrada das bandeiras tarifárias no ano de 2015, o impacto sentido pela população na conta de luz foi assustador. Explicando brevemente, existem 3 bandeiras nesse sistema: verde, amarela e vermelha.
 
• Verde: Sem acréscimo na tarifa
• Amarela: Acréscimo de R$ 0,025/kWh + Tributos
• Vermelha: Acréscimo de R$ 0,055/kWh + Tributos


Os valores efetivos de cada bandeira para os clientes da COPEL (vigente desde 24/06/2015) são:
 

• Verde: R$ 0,7574/kWh
• Amarela: R$ 0,7958/kWh
• Vermelha: R$ 0,8420/kWh

Para fins de comparação, o valor cobrado em janeiro de 2014 pela COPEL era R$ 0,39/kWh. Um aumento aproximado de 115% em um período de 18 meses.
E quanto custa a energia de um sistema fotovoltaico? Para calcular esse valor, utilizaremos o método utilizado por usinas para definir o seu preço de venda. Ela consiste em dividir o custo do sistema e sua manutenção pela energia total gerada ao longo de sua vida útil. Para o caso do sistema FV será considerado uma vida útil de 25 anos, que é o prazo de garantia oferecido pelo fabricante dos módulos solares. Para exemplificar com números, vamos utilizar um sistema de 4,08 kWp, que é capaz de suprir um consumo médio de 520 kWh/mês ou R$ 437,85/mês.
 
Potência do sistema: 4,08 kWp
Custo do sistema: R$ 38.000,00
Manutenção acumulada em 25 anos: R$ 9.500,00 (1% a.a.)
Geração total de energia: 127.543 kWh (já considerando a depreciação do painel)


A fórmula para o cálculo é:


Calculando:


Ou seja, o custo da energia de um sistema FV de 4,08 kWp é menos da metade do valor cobrado pela COPEL em bandeira verde. Para as bandeiras amarela e vermelha o sistema fica ainda mais viável. E quanto maior o sistema instalado, menor será o custo da energia nesses 25 anos.

Para orçar um sistema com a EGNEX, basta utilizar nosso formulário. É rápido e gratuito!

O primeiro empreendimento LEED Platinum do sul do Brasil está sendo construído em Curitiba. Trata-se do Eurobusiness, localizado no Ecoville. A certificação LEED Platinum é o nível mais alto de certificação concedida pela USGBC, a maior autoridade da área de edificações sustentáveis.

O edifício conta com uma fachada de alto desempenho, garantindo melhor conforto térmico, reduzindo o consumo de energia elétrica do sistema de ar condicionado. Isto, associado à iluminação com luminárias LED, representa uma economia de 50% de energia.
O consumo de água também é 47% menor, graças ao sistema de captação de chuva e de tratamento de águas cinzas para uso em descargas, limpeza externa e irrigação. Ainda, a irrigação não fará grande uso da água devido às plantas de paisagismo serem nativas, estando adaptadas à pluviometria de Curitiba.

Para a obtenção da certificação LEED Platinum, a Eurobusiness optou por incorporar um sistema fotovoltaico para a obtenção de pontos necessários. O sistema a ser instalado é formado por 32 módulos de 255 Wp, totalizando 8,16 kWp capazes de gerar 9.938 kWh por ano.

O projeto está em execução pela Construtora Engemática e a certificação está sendo realizada pela Petinelli. A EGNEX se orgulha em fazer parte deste projeto, ficando responsável pelo dimensionamento, projeto e instalação do sistema fotovoltaico.

Notícias

Energia Solar

Facebook

Contatos

(11) 3963-8956

(11) 99585-1135  

(11) 95236-0832

 

 contato@excellentiaenergiasolar.com.br